Time Literal

Duas garotas. Um mundo de palavras.
"Somos quem podemos ser, sonhos que podemos ter", ensinou-nos o mestre Gessinger.
Somos corações bobos e adolescentes em permanente (re)construção.

Aos 10, eu me encantei pela imagem da Tina com rabo de cavalo, macacão, óculos, em frente a uma máquina de escrever, sonhando em ser jornalista. Ali, resolvi o que eu seria quando crescesse.

Meu ideal seria escrever. Não a história engraçada, do meu parente (cof, cof, cof) Rubem Braga. Apenas escrever. Escrever, escrever...